03.10.2016, coisas que me transcendem

Há uns tempos descobri que tinha pedidos de mensagem no Instagram. Sim, meus amigos, isto existe. Eu já sabia que dava para trocar mensagens privadas, mas pensava que só era possível se também seguíssemos a outra pessoa. Mas nããão, pessoas que vocês não seguem também vos podem enviar mensagens. Contudo, elas ficam para ali escondiditas em forma de "pedido de mensagem".

Ora, como estava a dizer, no outro dia reparei que tinha lá dois pedidos:

Um deles de uma criatura que fala um dialecto estranho com caracteres estranhos (desconfio que seja turco) e que apenas me deixou um emoji de uma rosa. Nada piroso, na-di-nha.

Outro, bem português, com ar de Zezé Camarinha turbinado, que me deixou uma mensagem deveras entusiasmante: "Olá deusa linda... Obrigado... Tudo bem contigo??? Se quiseres adiciona-me no facebook: ******, skype: ******... beijos. whatsapp: ******".

Numa rápida análise... "Deusa linda"? Fez o meu dia! Qual a mulher que não gosta de ser tratada como uma deusa? Depois, "Obrigado"... Isto é que eu não percebi muito bem, porque não sei o que terei feito para ele me agradecer. E, por fim, desbobina todos os contactos e mais alguns. Isto é que é iniciativa!

A questão que se coloca é: Como é que estas criaturas me encontram? Como???


Comentários

  1. isso é todo um mundo desconhecido :O que horror!

    ResponderEliminar
  2. As deusas lindas encontram-se onde menos esperamos xD Acho que se tratou disso hahahahaha

    ResponderEliminar
  3. O primeiro queria que fosses para a Síria servir o Daesh e o segundo fez logo terrorismo na primeira abordagem. Bem, pelo menos tem as redes sociais todas. É um tardo evoluído e na vanguarda da tecnologia :P

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

O língua alemã e as suas declinações

A minha carteira até chora

1 mês depois...