Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2016

30.12.2016, o balanço

Parece que meio mundo odiou o ano de 2016 e já só o querem ver pelas costas.
Pois eu não acho que tenha sido assim tão mau.
Já tive anos piores (beeem piores). Provavelmente 2014 foi um dos piores, em que me senti a desesperar e sem grandes expectativas. 2016 não foi um ano espectacular, em que consegui conquistar tudo o que desejava, mas foi um ano relativamente bom.
Prefiro focar-me nas coisas boas, do que estar a chorar sobre as coisas más. Duvido que exista alguém que já tenha tido um ano perfeito, em que nem uma coisa má aconteceu. Elas acontecem sempre. A vida, tal como nós, nunca é totalmente perfeita. Há momentos bons e momentos maus. A nossa reacção é que acaba por ditar a forma como nos sentimos, relativamente a um ano.
Em 2016 trabalhei naquilo que gosto e com colegas espectaculares. Não continuei lá? Não, infelizmente não. Mas não vou marcar o meu ano por algo bom não ter tido a continuidade desejada. (talvez o facto de saber, desde o início, que não iria ficar, fez com q…

29.12.2016, e esse Natal?

Imagem
Comeram muitos docinhos? (é esse o ponto alto do Natal, não é? eheh)
Por aqui, foi um Natal mais pequenino que o habitual, mas em família na mesma. Estar cá com um dos irmãos e cunhada e com um primo, ajuda a que não nos sintamos tão longe de casa.
Foi uma ceia tradicionalmente portuguesa: bacalhau e batatas cozidas (a couve teve que ser outra porque não é fácil encontrar as mesmas que temos em Portugal), aletria, leite creme, pão de ló... Ainda fizemos umas rabanadas com pão que não é o mais adequado para isso (aqui não temos os tradicionais cacetes), mas não ficaram más.
Mas boas notícias (para mim)! Apesar de ter passado dois dias a comer docinhos em quantidades astronómicas (para o habitual), consegui não engordar! Aliás, ainda emagreci 400 gramas! Upa upa! (acreditem que isto é quase como um feito histórico, para mim!)
O meu irmão ofereceu-me um bilhete para ir ver um jogo de hóquei dos EHC Red Bull München. Fomos ontem e adorei! Um ambiente espectacular, com uns alemães caloros…

24.12.2016, so they say it's christmas

Imagem
Este será o primeiro Natal que irei passar longe dos familiares com quem sempre passei esta época: o meu pai, os meus padrinhos e a minha "prima-irmã". Por outro lado, penso que não irá custar tanto porque o vou passar com o meu irmão mais velho, a minha cunhada e um primo que também está em Munique.
Para mim, o Natal nunca foi uma época muito consumista. Sim, é habitual haver presentes, mas na minha família sempre fizemos questão de não serem mais do que lembranças. Porque, para mim, o Natal é uma época que significa família e isso é o que realmente importa.
Para todos vocês, desejo que tenham um óptimo Natal e que o aproveitem da melhor forma com aqueles que vos são mais queridos!

20.12.2016, vontade de mudar

Já ando a pensar nisto há algum tempo, mas nunca passei daí. Talvez por falta de tempo para pesar os prós e os contras, falta de ideias... fui deixando em stand by.
Com o aproximar do final do ano, volto a pensar nisto e acho que não há altura melhor que o começo de um novo ano para fazer algumas mudanças!
As mudanças de que falo dizem respeito ao blog (para já, no resto, acho que já esgotei a DDR de mudanças! ahah).
Para começar, mudar o nome do blog. Penso que já o disse aqui... Este não é o meu primeiro blog. Tive outro blog, durante uns 3 ou 4 anos, que começou com um título e acabou com o título que actualmente uso. Quando criei este blog, achei que seria boa ideia manter o título. A verdade é que agora não me identifico tanto com um "hello, stranger" e sinto que falta algo. Só ainda não sei bem o quê...
Outra mudança que estou a considerar é deixar o anonimato. Algumas pessoas que me lêem sabem quem eu sou (são poucas, mas o suficiente para que eu não seja desconhecid…

18.12.2016, Natal em Munique

Imagem
Penso que aquilo de que quase todos se lembram, quando falamos na época natalícia em Munique, é dos mercados de Natal. Existem imensos! Eu ainda só fui a dois.
Nos mercados de Natal temos barraquinhas de madeira com todo o tipo de coisas: desde decorações natalícias típicas desta zona, a velas de mel, brinquedos, comida, frutos secos caramelizados com especiarias (adoro!) a bebidas (em que o Glühwein é a mais típica nesta época do ano).
Hoje fui até à Marienplatz, para ver os Krampuslauf (uma espécie de Caretos alemães). Segundo me explicaram, são os monstros que vêm castigar as meninas bonitas.

Apesar do frio que se faz sentir (hoje nevou!), a cidade torna-se mais acolhedora nesta altura do ano! :)

15.12.2016, vou ficar com o cérebro feito em água

Há 2 anos passei um mês em Munique, para tirar um curso de alemão (nível A1). Óbvio que, sem praticar, muitas coisas foram esquecidas. Agora estou a estudar em casa o nível A1, para ver se consigo começar com um curso a partir do nível A2 (assim, consigo poupar um bom dinheiro).
Antes, o Instituto do Emprego daqui dava apoios para tirarmos cursos de alemão logo a partir do nível A2. Sorte a minha, agora só dão a partir do nível B1. Portanto, para conseguir fazer isto da forma mais rápida possível, vou tentar fazer o A2 em dois meses (está dividido em A2.1 e A2.2) num curso intensivo.
Já sabia, antes de vir, que os primeiros tempos seriam para estudar alemão. É uma língua bastante diferente e isso implica que tenhamos que dedicar a maior parte do nosso dia a estudar, se queremos avançar rapidamente (dentro dos possíveis). Óbvio que irei demorar muito mais tempo para sentir que consigo falar alemão fluentemente. Tenho colegas que estão cá há quase 3 anos, que tiraram cursos até complet…

07.12.2016, não mudem de país enquanto estiverem com TPM

Geralmente, sou uma pessoa que até se controla bem nas despedidas... Desta vez, não correu como eu estava à espera. No dia anterior, duas pessoas conseguiram fazer com que eu chorasse. No dia da viagem, as lágrimas voltaram a aparecer enquanto o avião descolava. E acreditem que eu não estava mesmo à espera disto.
Já tinha estado em Munique por 2 vezes, e durante períodos longos qb. Desde o primeiro dia que adorei a cidade e me imaginei a viver aqui, mas a verdade é que das outras vezes eu sabia que só iria estar cá por umas semanas. Agora, não sei exactamente quando volto a Portugal e quando vou poder estar com as "minhas" pessoas. E, apesar de aqui estar com família, custou na mesma e algo me diz que estes primeiros dias ainda vou andar com as emoções à flor da pele (espero bem que isto passe rápido!).
Anyway... Para além disto, também estou a ver se esqueço o pequeno pormenor de que em Portugal está quentinho, para esta altura do ano, e aqui já ando a enfrentar temperatur…

05.12.2016, a queimar os últimos cartuchos

Imagem
Daqui a 24 horas já estarei a caminho de Munique. As últimas duas semanas, principalmente a última, foram passadas de um lado para o outro, entre 1001 coisas a fazer. Entre organizar aquilo que vou guardar para futuramente levar para lá, desfazer-me do que não uso nem preciso, preparar o que vou levar (ou aquilo que planeava levar...), almoços e jantares de despedida... Tem sido uma roda viva!
A menos de 24 horas daquela que será das maiores (se não a maior) mudanças da minha vida, ainda não tenho as malas prontas. Ando desde quinta-feira a tentar preparar as malas, mas vou ter que refazer a minha lista de coisas a levar, porque não vou poder levar metade daquilo que tinha planeado (para já). Como portuguesa que sou, vivo na pressão até ao último minuto!
Provavelmente irei andar mais desaparecida por aqui, nestes primeiros tempos, mas vou tentar manter-vos a par das minhas aventuras pela Baviera.
Tschüss! :)