29.04.2016, a fauna dos ginásios #3

E cá estou eu de volta, com mais um espécime para juntar à lista.

Só para recapitular, já temos:

E eis que agora vos apresento os fortalhões parideiros.

Estas criaturas gostam de lhe dar forte na carga. Quanto mais peso, melhor. "É para turbinar!". Depois, é vê-los roxos com as veias quase a explodir na testa, deixando-nos sujeitos a um banho de sangue caso tal aconteça (às vezes tenho uma imaginação um bocadinho macabra, eu sei). Cada puxadela que dão é cada gemido que sai. Das primeiras vezes que me cruzei com exemplares desta espécie cheguei a questionar se estaria num ginásio ou numa casa de alterne. É um bocadinho desconfortável... Uma pessoa fica sem jeito, a fazer exercícios no meio de tanto gemido. Controlem lá esses sons, vá.

Comentários

  1. Ahahaha também tenho criaturas dessas no ginásio onde ando ahaha até já perguntei se são gémeos, começam lá a gritar parece que estão a dar à luz.

    ResponderEliminar
  2. Ahahahah, há tantos desses no ginásio de cá! xD
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  3. Junta à lista a espécie de calções à Cristiano Ronaldo...enrolam aquilo tão bem que mais parece andarem por lá de cuecas...nem é boxers, é mesmo cuecas!

    ResponderEliminar
  4. É por isso que eu e ginásios não nos damos ahah Além de não gostar, acho o ambiente um bocadinho desconfortável. Prefiro aulas colectivas, como o Step.

    ResponderEliminar
  5. Queres um conselho? Se calhar, não, mas eu sou parvo e dou na mesma. Abre a pestana! Esses gemidos fazem parte de um ritual de acasalamento de gorilas. Se começares a vê-los a bater com os punhos cerrados no peito, abala a fugir! Daí até quererem apanhar quem estiver à mão de semear vai um passo que não vais querer testemunhar, I'm sure!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso nunca os vi em modo gorila, mas vou passar a estar mais atenta. Não quero correr o risco de ser atacada..

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

O língua alemã e as suas declinações

A minha carteira até chora

19.09.2016, poderia ter sido dito por mim