14.04.2016, one of those days

Normalmente consigo manter a mente ocupada e consigo ficar quase indiferente a certas coisas. Depois tenho dias em que não consigo. Dias em que aquilo que eu tento que me seja indiferente, me volta (ou continua) a magoar demasiado.

Não percebo qual é o prazer que algumas pessoas retiram disso. Fazem questão de magoar os outros e mostram que gostam de o fazer. Será que precisam disso para se sentirem bem com elas próprias? Não consigo mesmo entender.

Já várias vezes disse que adorava ser a maior cabra insensível à face da terra. Assim sabia que ninguém me magoaria, porque eu simplesmente não iria querer saber. O problema de nos importarmos com alguém, é que muito facilmente podemos sair magoados. E, com a minha sorte, é precisamente isso que acontece.

Comentários

  1. Na terapia tenho andado a aprender a lidar com isso! Temos de nos focar mais em nós e menos nos outros (no que dizem, no que achamos que pensam, no que sentem...)
    Tem sido uma grande ajuda!

    ResponderEliminar
  2. Hello you have very nice blog. Do you want to follow each other? If yes let me know. http://andreanalens.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Se te serve de consolo, estamos no mesmo barco :\

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

O língua alemã e as suas declinações

A minha carteira até chora

19.09.2016, poderia ter sido dito por mim