13.04.2016, só me dificultam a vida

Tenho um plano alimentar que devo quero seguir. Estou numa fase de reeducação alimentar. Continuo a comer de tudo um pouco, apenas mudei alguns hábitos. Ao fim de semana, por vezes, como coisas menos saudáveis, mas não abuso.

Ora, na minha família parece que têm medo que as pessoas passem fome. Sempre foi assim, desde que me lembro. Comemos aquilo que queremos comer, mas para eles parece que nunca é suficiente.

"Não queres mais?"
"Come este pedaço que sobrou. Não vai ficar aqui!"
"Queres pão? Queres isto? Queres aquilo?"

Vocês nem imaginam como eu fico com um nervoso miudinho, de ouvir isto TODOS OS DIAS.

Normalmente, ao jantar como só uma sopa e um pouco de carne ou peixe. Já há uns meses que o meu jantar anda à volta disto. Mas parece que ainda não perceberam que não vou comer massa ou arroz ou outra coisa qualquer que prepararam para jantar. E se há coisa que me tira do sério e que me cansa, é estar sempre a repetir o mesmo. Depois é claro que fico com mau feitio. Não há quem aguente.

Se há coisa que felizmente não sou, é subnutrida. Tenho muuuuitas reservas onde ir buscar energia. Mas parece que têm medo que passe fome e que passe a rebolar em vez de caminhar.

Preciso de uma grande dose de paciência, que já estou na reserva.

Comentários

  1. Passava por essa provação quando ia à terra da "minha barca do inferno". E nessa altura eu comia por dois, mas mesmo assim as pessoas achavam que devia comer mais. Afastei-me mais da casa dos padrinhos dela, por causa dessa mania e para não ser indelicado.
    Se fosse agora, que sou diabético e estou sempre a cortar na ração, acho que não tinha paciência e quando me falta a paciência, está o caldo entornado. Não me contenho e respondo à bruta.
    O que é que as pessoas estão à espera? Se dizemos que não, se lhes explicamos porque não e continuam a insistir, o mais certo é levarem um par de coices. ahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso. Até compreendo que seja só preocupação, mas eu como na mesma e como quantidades normais. Parece que engolem a cassete e depois repetem sempre o mesmo ;)

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

O língua alemã e as suas declinações

A minha carteira até chora

Baby steps