24.03.2016, a fauna dos ginásios

Quando estou no ginásio costumo estar na minha vidinha, a fazer os meus exercícios enquanto ouço a minha música, ocasionalmente falo com os professores (quando eles andam por lá), e venho-me embora. Vou sozinha e não conheço ninguém que ande lá (pelo menos à hora que costumo ir). E não vou para o ginásio socializar, vou para fazer exercício. (dito assim, até pareço uma anti-social, mas não sou)

Enquanto ando por lá, às vezes vou reparando na fauna que habita aquele mesmo espaço. Não sou do género de estar a tirar as medidas ou estar constantemente a olhar para os outros, mas há criaturas que não passam despercebidas (e acho que é mesmo esse o objectivo deles(as)).

Miúdas maquilhadas
Digo miúdas, porque todas as que vejo têm mesmo ar de novinhas (ainda mais que eu, que aparento menos uns 4/5 anos do que os que realmente tenho). E quando digo maquilhadas, não me refiro a algo discreto (eu confesso que normalmente estou maquilhada, tendo em conta que vou sempre ao final do dia e não me apetece estar a desmaquilhar só por causa da máscara nas pestanas, que é o que uso diariamente). Estou a falar de irem com os lábios pintados em cores nada discretas: cor de vinho, rosa choque, vermelhão... Ou, até mesmo, com um cat eye estrondoso! E, atentem, esta maquilhagem é toda feita no ginásio! Sim, enquanto eu me equipo no balneário, elas estão em frente ao espelho a pintar os lábios e tudo o resto para depois irem "praticar exercício". Confesso que nunca prestei muita atenção ao exercício que elas fazem, mas duvido que seja muito intenso.

Homens triângulo invertido
Se algum homem inserido nesta categoria me estiver a ler: deixa um bocadinho os braços e trabalha as pernas, por favor! Acho-lhes piada, como quem acha piada a desenhos animados, porque normalmente eles não conseguem fechar os braços e passam metade do tempo a desfilar de um lado para o outro. Bónus: as camisolas de alças, bem decotadas, para mostrar os peitorais e os braços grandes (para usar isto, mais vale irem sem camisola, que dá no mesmo).

Mas, por aquilo que alguns colegas de trabalho me contam sobre os ginásios onde andam, parece que onde ando nem há muitos espécimes raros. Ou isso, ou eu é que sou mesmo distraída e a maioria passa-me ao lado.

Comentários

  1. És tu e eu. Passa por lá cada triângulo que a minha cara de parva nem deve passar despercebida, é horrível aqueles braçalhões.

    ResponderEliminar
  2. Não frequento ginásios, mas a ideia que tenho é que há por lá muita gente dessa que falas!

    ResponderEliminar
  3. No ginásio onde ando há imensas raparigas maquilhadas a preceito e isso mete-me uma confusão tremenda... Parece que vão para lá com outros objetivos! Para além disso, também já encontrei uma rapariga que estava na bicicleta com um tablet na mão a tirar-nos fotos. Foi um bocado creepy! xD
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  4. Muito medo! Gosto muito de fazer exercício em casa ou no jardim que fica perto. Esse ambiente de ginásio assusta-me. Quanto aos triângulos invertidos... gosto de homens magrinhos e não musculados. Entre um de braços grossos e um trinca-espinhas, acho sempre o trinca-espinhas mais bonito :P

    ResponderEliminar
  5. Já reparei nas pessoas estranhas que andam no ginásio! Ainda hoje andava lá um todo musculado com uma camisola de cavas mas tão "cavada" que se viam os mamilos a toda a hora. E era curtinha, quase se via o umbigo também. Falando em mau gosto...

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

O língua alemã e as suas declinações

A minha carteira até chora

1 mês depois...